[REVIEW] God of War Ascension

 

God of War: Ascension

Terminei !!!! God of War : Ascension no modo campanha e posso comentar aqui o que achei de cada detalhe do jogo ….

Segue minha análise e minha opinião sobre essa franquia que pra mim é uma das melhores do mundo dos games…

Enjoy ….

godpre

HISTÓRIA:

God of War: Ascension foca-se na história de Kratos na busca de redenção, devido aos seus pecados do passado ​​e no aumento da sua ira para se libertar do vinculo que o liga a Ares.O jogo decorre seis meses depois de Kratos ter assassinado a sua mulher e a filha. O controle confirma que os jogadores “terão o Kratos mais humano de sempre”, enquanto que o director Todd Papy diz que o jogo “dará às pessoas um olhar mais humano sobre Kratos, para os fãs poderem relacionar-se mais com ele e compreender algumas das coisas pelas quais ele passou quando era mais jovem.

Baseado na mitologia grega e a decorrer na Grécia antiga, o jogador controla o personagem Kratos que tenta cortar os laços com o Deus da Guerra, Ares, – que enganou Kratos levando-o a assassinar a sua família – ao derrotar as três Fúrias. Ascension é cronologicamente o primeiro capitulo da série, fazendo parte de uma saga em que a vingança é o tema central.

O que mais peca em todo jogo é isso, a história, sem spoiler mas como uma severa crítica ao game , God of War: Ascension, não conta nada que os jogadores já vivenciaram nos jogos anteriores e fica mais do mesmo o jogo inteiro, a proposta prometida pelos produtores do jogo foi que iriamos ver um Kratos mais humano, contando mais detalhes e vivenciando mais a fundo sua história sobre o que realmente aconteceu na guerra onde ele assassinou sua família.

Colocaram a presença das fúrias e sua quebra de juramento de servidão ao Deus Ares, mas se pensarmos bem, já sabíamos bem disso e muito bem ….

Enredo muito fraco e chega a ser péssimo em certos momentos, onde fizeram um ótimo jogo de ação mas sem conteúdo nenhum, não mesmo e nao chega nem perto dos jogos anteriores, o jogo é curto e leva em média de 7 a 8 horas de jogo e nada acontece, você começa o jogo e termina sem ter vivido nada de novo, simplesmente uma decepção.

gowasc

PERSONAGENS:

O protagonista do jogo é Kratos (voz original de Terrence C. Carson), um guerreiro espartano que quebrou o seu juramento de sangue com Ares (voz de Steven Blum), Deus da Guerra. Outros personagens incluem Zeus (Corey Burton), Poseidom (Gideon Emery), Hades (Fred Tatasciore), a esposa de Kratos Lysandra (Jennifer Hale), o Guardador da Jura Orkos (Troy Baker), o Oráculo de Delphi, Aletheia (Adrienne Barbeau), Castor e Pólux (David W. Collins e Brad Grusnick), Hércules (Kevin Sorbo), Arquimedes (Simon Templeman), e as três Fúrias: Megera (Nika Futterman), Alecto (Jennifer Hale) e Tisífone (Debi Mae West).

god_of_war_ascension_34

JOGABILIDADE:

Se tem uma coisa que os estúdios Santa Monica sabe fazer é a jogabilidade do GOW, em todos os jogos da franquia ela fez com primor e exatidão, e nessa nova aventura de Kratos não foi diferente. O game é perfeito no quesito jogabilidade, controles fáceis e precisos, quem jogar a série se sentira bem confortável aos controles propostos nessa nova aventura.

Santa Monica também melhorou os eventos quick-time, substituindo algumas solicitações de botões por um sistema mais livre. Enquanto no mini-jogo, os jogadores têm de se focar quanto devem atacar e desviar baseados nas ações dos inimigos, ao invés da solicitação de botões, sendo assim o jogador ataca seus inimigos com suas próprias ações, geralmente isso acontece quando você pega o inimigo preso em suas correntes das lâminas do Caos e você mesmo defere os golpes no inimigo e o inimigo por contra partida te ataca em alguns momentos  e com o controle você tem a possibilidade de desviar quando for preciso, essa inovação caiu muito bem para o jogo.

GodOfWarAscension4

GRÁFICOS:

Ponto mais forte do jogo, você ficara impressionado com os gráficos do jogo, tudo muito bem feito e em certos momentos parece uma prévia do que virá no PS4, Kratos esta muito bem detalhado com ótimas texturas, cenários bem produzidos e com paisagens a perder de vista.

Santo Monica conseguiu fazer uma trabalho primoroso com os gráficos onde se encaixaram perfeitamente com a ação que é frenética o tempo inteiro, o jogo é bonito de se ver e muito bem trabalhado.

god_of_war_ascension_preview

DIVERSÃO:

Estamos falando de GOW e isso não tem como ser ruim, o jogo é bom demais por se tratar de GOW e com alguns elementos que o jogo envolve ele fica muito mais interessante ainda,

Agora as Lâminas têm quatro tipos de poderes: Fogo, Gelo, Raio e Almas, cada uma dando um efeito especial aos ataques, mais dois ou três poderes que foram retirados de outros jogos da série, como a “redoma de choque” de Poseidon. Mas nem eles conseguem acender muito bem a chama da guerra porque, mesmo trocando de “modo”, as Lâminas ainda são as Lâminas, com os mesmos golpes, e as magias de verdade só são habilitadas depois que você evolui os poderes em 2 ou 3 níveis.

Temos novas habilidades que inovaram esse jogo e deixam ele mais divertidos durante a aventura uma delas é  a Pedra da Jura que você consegue retirando de uma de suas inimigas as denominadas fúrias, que cria um clone feito de sombras do herói que serve tanto para ajudar nas batalhas quanto para resolver quebra-cabeças. Temos também outra pedra conquistado durante o jogo, ela tem o poder de voltar e avançar no tempo para manipular o cenário, deixar sua sombra segurando uma manivela ou fazendo peso em um botão enquanto você corre para o outro lado da sala, descobrir a ordem certa de empurrar blocos e puxar manivelas – tudo isso é divertido e realmente recompensador. Se o combate acompanhasse a criatividade dos puzzles, com certeza o novo God of War teria lugar entre os grandes.E os quebra-cabeças são a melhor parte do novo God of War. Não foram poucas as vezes em que eu torci para que o combate acabasse logo (ou que nunca viesse) para que eu chegasse no próximo puzzle, e essa nova aventura tem muito deles.

SOM:

Eu simplesmente curto demais a trilha sonora de GOW, pra mim uma das minhas preferidas no mundo dos games e sempre foi, acho que nos outros jogos da série elas vieram mais vicerais e com mais vontade, principalmente no GOW3 , mas nesse jogo a trilha continua impecável e se encaixa perfeitamente com a ação que o jogo proporciona.

Sobre as vozes, estão impecáveis como sempre, ótima dublagem e dialogos até convicentes, joguei no modo PT-BR e achei o melhor jogo localizado até agora, se nota de cara que tiveram um real cuidado em colocar as vozes de bons atores nos personagens e ótima tradução para o game, Kratos em portugues é bom e convicente, mais um mérito para o game e para os estúdios Santa Monica.

god-of-war-ascension-7

Partes onde Kratos deslizam por quedas …são bem divertidas !!

CONCLUSÃO:

Vale a pena jogar GOW Ascension ??, bahhhhh , mas é claro que sim !!!!! O jogo nao é o melhor da série, mas é um ótimo jogo, ele é primoroso e bem feito em quase todos quesitos, existe uns bugs em alguns momentos, mas nada que uns patchs de atualização não resolva, obrigatório para fãs da série e para quem possuem o PS3 também caso nao tenha jogado nenhum jogo da série o que eu acho bem dificil.

O jogo só não é um dos melhores e nem foi aclamado por unanimidade por causa do enredo que na minha opinião é fraco e muito, chega a ser decepcionante e por ter uma história tão fraca e sem novidade nenhuma, você nota que jogo começa a ficar repetitivo em alguns momentos …onde voce anda, mata inimigos, resolve puzzles e começa tudo de novo .

Pecaram pelo enredo, mas nao pelo capricho do acabamento do jogo, gráficos, som e diversão.

Na minha opinião GOW 1 e 3 são os melhores da série e supera-los não seria tarefa fácil, mas os produtores pecaram por nao conseguirem contar uma história convicente e nova para nós amantes da série e de toda mitologia grega, uma pena…

MAS JOGUE !!!! GOW ASCENSION é um game BADASSS !!!!

BOA JOGATINA PARA TODOS !!! SEMPRE !!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

“ESPECIAL HALO” – UMA FRANQUIA DE SUCESSO

Como todos sabem amanhã é o grande dia do lançamento de “Halo:Reach”, com isso cresce uma grande expectativa para nós gamers de uma franquia que esta praticamente há 10 anos no mundo dos games e com enorme sucesso na maioria dos seus jogos lançados.

Com isso pensei em postar um mini review de cada jogo da série com informações e vídeos  , e tudo isso por causa do grande lançamento da semana HALO:REACH postarei alguns vídeos que estão sendo postados pelo mundo e quando eu comprar essa belezura de jogo postarei outro review com minha opinião sobre um dos grandes lançamentos do ano…

Enjoy it….

HALO : COMBAT EVOLVED

Esse jogo foi o que fez eu comprar o Xbo1 quando o PS2 estava no auge do sucesso no mercado, e o motivo era simples , gráficos acima da média em um jogo muito bem acabado , trilha sonora animal , jogabilidade e desafios novos e história envolvente.

Tudo que eu escrevi acima é o que resume sobre esse grande jogo , ele usava o poder do Xbox1 , mostrando para todos que era mais poderoso que seu grande concorrente o PS2.

Halo: Combat Evolved, ou simplesmente “Halo” é um jogo de tiro em primeira pessoa produzido pela subsidiária da Microsoft Game Studios, Bungie. Lançado inicialmente em 2001 para o console da Microsoft Xbox. O Halo é um enorme habitat espacial em forma de anel, que fica em um campo gravitacional entre um planeta e sua lua, o que causa a sua rotação gravitacional. No jogo, o jogador assume o papel de Master Chief, um supersoldado com uma armadura de batalha (Mjolnir Mark V)para aumento de performance. Em nenhum dos jogos da série Halo foi mostrado o seu rosto. Master Chief é acompanhado por Cortana, uma Inteligência Artificial que está em seu capacete. O jogador enfrenta uma aliança de raças alienígenas durante o jogo, tanto a pé quanto em veículos, enquanto tenta descobrir o segredo de Halo. O jogo rivaliza com jogos extremamente inovadores, como GoldenEye 007, ou Half-Life. A revista Edge deu uma nota 10 de 10 para ele, que foi o quarto jogo a ter essa nota na história de 12 anos da revista. Halo é um dos jogos mais premiados existentes.

O multiplayer de Halo , foi um outro marco na história dos videogames , pois foi uma febre mundial e principalmente nos EUA onde foram criada legiões e mais legiões de jogadores mostrando um conceito de jogar online.

Gráficos de primeira e jogabilidade ajustada fez do Halo um marco nos jogos de FPS.

Gráficos de primeira e jogabilidade ajustada fez do Halo um marco nos jogos de FPS.

Uma das grandes inovações foi o uso do veículo durante as batalhas um diferencial de Halo para outros jogos do gênero

Uma das grandes inovações foi o uso do veículo durante as batalhas um diferencial de Halo para outros jogos do gênero

Segue vídeos reviews desse grande clássico:

HALO 2

Halo 2 , muita expectativa no segundo jogo da série depois de um enorme sucesso do primeiro jogo , nesse tudo que era bom continuou e a história no modo campanha era um grande atrativo , novamente nesse jogo a jogabilidade e sua trilha sonora estavam lá  intocadas , porém na minha opinião no modo single player o jogo me parece um pouco repititivo demais .

Os gráficos foram melhorados com efeitos visuais caprichados e usando mais uma vez do poder Xbox1 tinha para oferecer , porém o lançamento de Halo2 teve alguns problemas em sua produção o que eu acho que comprometeu um pouco a qualidade do jogo devido ao fato do primeiro ser muito alto na questão “qualidade”.

Os atrasos se deram por questão da confusão da venda e compra da Bungie pela Microsoft e a consolidação da Xbox Live e toda sua padronização para um ótimo multiplayer o que de fato aconteceu , deixando o modo single player um pouco de lado e na minha opinião foi bem menos envolvente do que o primeiro da série.

“Halo 2” é mais um capítulo da história do soldado Master Chief, que luta contra uma coalisão religiosa de alienígenas conhecida como Covenant. Sem estragar muitas surpresas de um enredo elaborado, o jogo se aprofunda muito mais no ponto de vista dos Covenant – não é surpresa que o site oficial e manual são escritos do ponto de vista dos vilões – e oferece muitas revelações para quem acompanhou o game original e os livros baseados no jogo.

A narrativa é certamente um dos aspectos mais elaborados nessa continuação, estando anos-luz à frente do que a Bungie fez na primeira aventura. Ao contrário de “Halo”, agora a trama leva o jogador para muitos lugares diferentes, em meio a uma série de situações que ajudam a quebrar a monotonia que atrapalhou a primeira aventura de Master Chief.

Algumas inovações foram muito bem aceitas e mais uma vez a equipe da Bungie se mostra competente no quesito novidade , o uso das duas mãos com armas foi o grande “Tchan” dessa continuação , ele era muito bem feito e balanceado se mostrando bem coerente com a realidade , pois quando você pegava as duas armas em cada mão você não conseguia guardalas até que uma excedia e acabava sua munição assim você a descartava pelo chão, essa função não acontecia com armas grandes  , o peso da arma era grande não sendo possível ter as duas ao mesmo tempo.

Outro grande barato desse jogo é você poder puxar os seus inimigos para fora dos veículos e entrar nos mesmos bem ao estilo “GTA” de ser . A qualidade gráfica foi bem trabalhada novamente pela produtora , porém é nitido notar as altas e baixas durante o jogo sendo que esse jogo é um pouco serrilhado o que não faz incomodar, mas sendo possível notar sem dificuldades durante todo jogo, e um dos grandes problemas ao meu ponto de vista é ação repetitiva de mais , sendo sempre a mesma ação durante todo o jogo sendo um ponto negativo para o jogo.

Mas se tem algo que “Halo 2” faz direito é sua parte multiplayer – a principal novidade da continuação. “Halo 2″ é extremamente divertido quando jogado através do Xbox Live, e esse aspecto não deve ser ignorado especialmente agora que pode ser compartilhado online de maneira nativa.

Halo 2” é um jogo de tiro competente, mas certamente não é o exemplar definitivo do gênero – seja para consoles ou nos computadores em geral. Mas com multiplayer extremamente divertido que por si só valeria compra do jogo, “Halo 2” é um título de tiro online que todos os fãs do gênero devem ter em sua coleção.

Gráficos melhorados , acão mais frenética e um multiplayer muito bem resolvido fazem de Halo2 um grande jogo.

Gráficos melhorados , acão mais frenética e um multiplayer muito bem resolvido fazem de Halo2 um grande jogo.

Grande sacada da Bungie foi o uso de duas armas ao mesmo tempo.

Grande sacada da Bungie foi o uso de duas armas ao mesmo tempo.

Halo2 ação frenética , porém um pouco repetitiva demais...

Halo2 ação frenética , porém um pouco repetitiva demais…

Segue mais um vídeo review de Halo2:

HALO 3

A grande expectativa diante desse jogo foi enorme , primeiro porque se tratava de uma grande franquia de sucesso e que nessa época(2007) , o jogo multiplayer online do Halo2 ainda era um grande sucesso dos gamers pelo mundo.

Outra grande expectativa era a parte gráfica e técnica do jogo , pois seria lançado para outra plataforma o XBOX360 , então se tratava da primeira versão da franquia para jogos em alta definição. O marketing desse jogo foi também um grande diferencial para o seu lançamento e investimento feito pela gigante Microsoft não poupou esforços para que jogo se tornasse um grande acontecimento histórico no mundo dos games.

Em 2007 o mercado nacional já tinha o Xbox360 como venda oficial por todos os grandes magazines do país e com isso a Microsoft teve um atenção maior para esse jogo . Ele seria lançado totalmente em português do Brasil , isso quer dizer que os personagens falariam tudo em português durante todo o jogo e os manuais e encartes do jogo traduzidos também para nossa terra tupiniquim.

Outra coisa bem legal e que também ficou muito em evidência na época do seu lançamento   foram as versões para a venda , sendo mostrada 3 versões , “standard” , “Limited Edition” , “Legendary”.

Eu mostrei aqui no blog a versão que eu adquiri que no caso foi a “Legendary” , e achei fantástico esse pack com um acessório para guardar os 3 jogos principais da história do carismático e misterioso “Master Chief” , na forma do capacete dele , muito legal , quem não viu na minha coleção e quer dar uma olhadinha   >>>>> clique aqui  <<<<<<

Halo3 divide opiniões até hoje sobre sua qualidade gráfica , pois ele foi lançado no segundo semestre de 2007 , quase 1 ano depois de Gears of War e seus gráficos são considerados bem inferiores ao GOW , que na época virou referência em termos de gráficos de alta definição.

Também divide opiniões até na qualidade do jogo em si no modo single player , para muitos o jogo é meio confuso e sua aventura é mais lenta que nos anteriores , mas isso é opinião pessoal de cada um , pois na minha opinião que joguei na mesma semana de lançamento achei o jogo maravilhoso em todos aspectos , pois o jogo pra época tinha bons gráficos , bem acabado na sua grande maioria do jogo , trilha sonora animal , desafio contagiante , pegando novos veículos para as batalhas e história comovente com o seu desfecho misterioso , na época tinha sido o jogo mais legal que eu tinha jogado para plataforma Xbox360, resumindo um clássico absoluto !!!!.

Halo3 foi um grande evento no mundo dos games em todo mundo e pelo menos para mim ele trouxe tudo que o Halo1 tinha de bom e melhorou. A única coisa que foi triste foi seu tempo de gameplay que não passava de 10 horas e poucos atrativos para um bom repeteco desse clássico , mas continha um ótimo multiplayer completo com vários atrativos online para você ficar ligado no mundo online por horas e horas , anos e anos …

Halo3 , logo no inicio do jogo é notável a diferença gráfica dos jogos anteriores

Halo3 , logo no inicio do jogo é notável a diferença gráfica dos jogos anteriores

Os grandes cenários com lindas paisagens sempre foram o grande destaque nos gráficos de Halo , em Halo3 tudo isso em alta definição.

Os grandes cenários com lindas paisagens sempre foram o grande destaque nos gráficos de Halo , em Halo3 tudo isso em alta definição.

Agora confira nesse vídeo a evolução gráfica da série , vale a pena…

Segue também review desse grande clássico.

HALO WARS

Halo Wars , esse é o único jogo que eu não joguei da franquia ainda , adquiri a pouco tempo em uma super promoção da UZGAMES , até postei aqui nesse blog a minha compra desse jogo, mas joguei 10 minutos do jogo a qual eu  nunca joguei esse tipo de gênero de jogo , o que posso adiantar para vocês que parece ser muito legal esse jogo , com gráficos sólidos e uma mecânica bem ajustada , resumindo me parece ser um bom jogo de estratégia.

Então nesse caso postarei informações sobre reviews que foram dado na época do seu lançamento.

Fonte: Uol Jogos

Depois de bater recordes de vendas com sua trilogia “Halo”, que se tornou referência entre os jogos de tiro em primeira pessoa para consoles, a Microsoft resolveu explorar outra vertente de sua valiosa franquia e apostar em um jogo de estratégia em tempo real. O trabalho ficou sob os cuidados da veterana Ensemble, criadora de clássicos do gênero como “Age of Empires”, que viu este projeto como seu canto do cisne depois de severos cortes de pessoal promovidos pela criadora do Xbox 360, mesmo com um excelente histórico de sucessos.

Sabendo das limitações de controle nos consoles domésticos, a Ensemble resolveu simplificar vários aspectos comuns no gênero de estratégia em tempo real no PC para criar “Halo Wars”. O jogo conta com um sistema muito simples de comandos, em que basta apenas alguns botões para levar suas tropas ao combate.

Para o básico, é necessário posicionar o cursor sobre uma unidade, selecioná-la com o botão A e usar o X para apontar o local para onde deseja deslocá-la; se houver um inimigo ali, ele será atacado automaticamente. O botão Y aciona poderes especiais característicos de cada tipo de veículo ou batalhão, como a habilidade de lançar granadas ou atropelar inimigos. Por fim, com os botões superiores, é possível selecionar todas as unidades que o jogador possuir, seja de uma vez só ou apenas as que estiverem aparecendo na tela, como navegar por tipos específicos individualmente.

O resto da dinâmica de jogo também é bem simples e direta, tanto no gerenciamento de tropas, construção de bases e objetivos a serem completados. Primeiro porque as bases tem locais específicos e limitados para a construção de estruturas, impedindo que o jogador gaste tempo tentando posicionar dezenas de construções em um espaço limitado para angariar recursos ao máximo antes de lutar. Segundo porque as missões são rápidas, com ordens expressas, que forçam o jogador a ser ligeiro e agressivo.

É um estilo diferente da maioria dos jogos do gênero, privilegiando o gerenciamento de recursos e unidades limitadas para o cumprimento das missões, em vez do planejamento. Não é tão recompensador, é verdade, mas se encaixa dentro da proposta da Ensemble em criar algo ágil e voltado para o fã da grife, acostumado com ação ininterrupta. Isto pelo menos na campanha principal, que engessa muita da flexibilidade do jogo para ater aos fatos narrados pelo roteiro que se passa vinte anos antes da trilogia de tiro – sem o Master Chief.

Halo Wars , um jogo de estratégia é isso que a Bungie fez para mostrar as grandes guerras contra os Covenant

Halo Wars , um jogo de estratégia é isso que a Bungie fez para mostrar as grandes guerras contra os Covenant

Gráficos bem elaborados e resolvidos com uma jogabilidade muito sólida para um jogo de estratégia de guerra

Gráficos bem elaborados e resolvidos com uma jogabilidade muito sólida para um jogo de estratégia de guerra

Halo3: ODST

Param muitos apenas mais um caça-níquel descarado por parte da Microsoft , para mim apenas um complemento do terceiro capítulo de Halo3 e uma inovação no modo de jogar e olhar a história dos humanos contra os Covenant.

Halo3:ODST é o jogo que tem um enredo um pouco diferente dos demais jogos da franquia lançados até o momento (antes do lançamento de Halo:Reach), Halo3:ODST é o um jogo novo, sem a presença do Master Chief como protagonista da história. No Halo3:ODST você joga com um soldado do grupo ODST(Orbital Drop Shock Troopers) chamado nesse caso de “NOVATO” , onde é contada mais uma vez a grande trama dessa franquia da guerra entre humanos e os Covenant.

Os fatos desse jogo acontece tempos antes dos acontecimentos de Halo3 , quer dizer você saberá o que irá acontecer antes do Master Chief entrar em ação.

A engine gráfica do jogo é a mesma utilizado em Halo3 , então não espere melhorias , mas a Bungie simplesmente pegou a engine do Halo3 e fez cenários mais obscuros e cinzentos , deixando um ar mais melancólico , o que eu achei ótimo , pois foi esse detalhe que fez a diferença nesse  grande jogo ,totalmente  diferente dos outros Halo lançado com o Master Chief. A ação se desenrola mais na cidade e não em campos abertos como nos jogos anteriores. A maneira de você se comportar diante o jogo também é diferente , pois nessa aventura você não tem como sair disparando e dando de cara com os inimigos , lembre-se você nessa aventura é humano e isso amigão faz toda a diferença.

A história é o seguinte, decorrer do combate contra os Covenant o grupo sofre um acidente feio e o personagem principal, chamado apenas de Novato, acorda sozinho e seis horas após a batida. Já é noite e ele está sozinho na metrópole, que é patrulhada por grupos de inimigos. O objetivo então é encontrar seus colegas e aí brilha a campanha para um jogador de “ODST”, que conta com cerca de 6 a 8 horas de duração. Conforme se explora a cidade, são encontradas as armas de seus companheiros. Ao achar cada uma inicia-se um flashback e você então jogará com o personagem a quem pertencia a arma em certo momento das últimas seis horas
O melhor é que a progressão não é linear. A princípio apenas alguns locais da cidade são acessíveis, permitindo encontrar um número limitado de armas e, por consequência, fases. Porém, ao avançar novos locais abrem e com eles mais flashbacks. Todas as histórias acontecem em distritos diferentes de Nova Mombasa e são repletas de ação, além de apresentarem personagens de outros flashbacks que interagem uns com os outros. Ou seja, há momentos em que você atuará ao lado de algum soldado que já controlou.

Pra mim a história foi o grande triunfo desse jogo , mesmo o jogo sendo super curto , mas curto mesmo , acho que a duração não passa das 5 horas ,mesmo assim o jogo é muito legal , junto com uma trilha sonora totalmente diferente dos jogos anteriores onde as músicas trazem um ar de solidão e de confusão por parte do personagem principal , chegando ao um desfecho triste mas super intrigante.

Halo3:ODST , jogo com um enredo diferente e sem o Master Chief

Halo3:ODST , jogo com um enredo diferente e sem o Master Chief

Nesse jogo você é humano então a estratégia desse jogo é mais stealth contra os inimigos

Nesse jogo você é humano então a estratégia desse jogo é mais stealth contra os inimigos

Um ótimo jogo para os fãs que querem saber o que aconteceu entro Halo2 e 3 com uma outra perspectiva

Um ótimo jogo para os fãs que querem saber o que aconteceu entro Halo2 e 3 com uma outra perspectiva

HALO REACH

Pessoal como fã da série que sou, não vejo a hora de colocar as mãos nesse jogo e poder escrever para vocês toda a emoção desse grande jogo , mas enquanto o meu review não chega e nem meu jogo, segue alguns vídeos do maior lançamento do Xbox360 desse ano…

Segue o link do review feito pelo Uol Jogos

Review Halo Reach